Saiba como funciona a frenagem automática pós-colisão

Você já ouviu falar de acidentes em que o carro bateu, voltou para a pista e atingiu outros veículos? Pois é, acidentes como esse são mais comuns do que se imagina. Foi pensando em casos assim que a Volkswagen desenvolveu o sistema de frenagem automática pós-colisão. Neste artigo, vamos falar sobre essa tecnologia, já disponível em alguns modelos da marca, como o Novo Golf e o Passat. Confira!

Como funciona o Multicollision Brake?

A tecnologia de frenagem automática pós-colisão, chamada de Multicollision Brake, funciona a partir de sensores que identificam a colisão. O sistema faz a leitura de itens de segurança, como dos airbags, e analisam o impacto. Ao identificar que o condutor perdeu o controle do veículo, o sistema de frenagem automática pós-colisão é acionado e para o veículo.

Outros sistemas de freios trabalham em conjunto para que a frenagem automática pós-colisão não seja mais um fator de risco.

Reduzindo, de forma significativa, a energia cinética residual do veículo, diminui-se também os riscos de colisões posteriores ao primeiro impacto. Essa frenagem automática pós-colisão é limitada pelo ESC (Controle Eletrônico de Estabilidade), que garante uma desaceleração acentuada, efetiva e segura.

+ Como funciona o ESC, item que revolucionou a segurança automotiva

+ Novo Tiguan vem com mais espaço e tecnologia

+ 9 aplicativos para facilitar sua vida no trânsito

Por que um sistema de frenagem automática é importante?

Um sistema que se preocupa em parar o carro somente após a colisão, a princípio pode parecer ineficiente, não é mesmo? Mas quando a gente pensa que esse tipo de acidente sempre envolve muitos veículos e pessoas, ele faz todo sentido.

A importância desse sistema de frenagem pós-colisão se faz pelo número excessivo de vítimas. Segundo os desenvolvedores, os acidentes que ocorrem por consequência de um outro acidente, acabam sendo mais graves.

A Volkswagen leva muito a sério a segurança de seus clientes, por isso investe pesado em novas tecnologias. Não por acaso, o Multicollision Brake, foi premiado como a mais importante inovação de segurança do automóvel clube da Alemanha.

Você encontra esse sistema no Novo GolfGolf Variant 1.4l TSI Comfortline e Highline, Passat Highline e Amarok. Com o sistema de frenagem automática pós-colisão sua família vai desfrutar das viagens de carro com muito mais segurança e conforto.

Frenagem automática pós-colisão x frenagem automática

Como já explicamos, o sistema de frenagem pós-colisão visa evitar que terceiros se envolvam em um acidente que já aconteceu. Já o sistema de frenagem automática, tem outro objetivo, evitar que acidentes aconteçam.

Pensado para as grandes cidades, o sistema de frenagem automática funciona bem quando a velocidade média é de até 30km/h. Em velocidades mais altas, o sistema também é acionado, exercendo pressão nos freios, mas insuficiente para parar totalmente o veículo.

Esses sensores monitoram a distancia do carro da frente e calculam a velocidade dos dois veículos, assim é criada uma margem de distancia segura entre os dois carros. Quando o sistema “entende” que pode haver uma colisão em 1,5 segundos, ele entra em funcionamento. Isso se não houver nenhuma reação do motorista.

Algumas variações desse sistema podem detectar até mesmo outros obstáculos, como pedestres, por exemplo.

E aí, gostou de conhecer um pouco mais dessa tecnologia? Tem alguma experiência com o sistema? Conta para nós, nos comentários.

Texto: Fabiana de Lima Pinto/Colaboradora