Gol e o Futebol: uma história do Brasil

Não importam os altos e baixos, o Brasil segue sendo uma referência no futebol mundial. Único país cinco vezes campeão do mundo, tem méritos mais que suficientes para ainda ser chamado de país do futebol. Esta é uma paixão nacional, refletida em torcidas apaixonadas por seus clubes, por sua seleção, e também por aquele que já pode ser considerado um patrimônio nacional: o Gol da Volkswagen!

Em um país tão marcado pelo futebol, nada mais adequado do que ter um campeão de vendas carregando no nome o momento máximo desse esporte. E é claro que um clássico tão popular não entraria para a história automotiva nacional como apenas mais um. Quando olhamos para a trajetória desse modelo, vemos que nunca foi apenas mais um gol, ele sempre foi um golaço!

Conheça um pouco mais da história desse clássico. Um orgulho nacional que marcou nossas vidas, assim como tantos gols que entraram para a história.

O primeiro modelo, Gol BX, hoje é lembrado carinhosamente pelo apelido de “Batedeira”

Gol: uma nova era

O primeiro Gol foi lançado em 1980. Desenvolvido no Brasil, seu projeto tinha o desafio de substituir um ícone nacional das décadas anteriores: o Fusca. Com um design que seguia as tendências da época, com linhas retas que traziam modernidade, seu nome é, de fato, uma homenagem ao esporte mais popular do país.

Porém, quando foi lançado, seus projetistas ainda não sabiam que haviam mais do que marcado um belo gol: eles tinham feito um verdadeiro gol de placa! Com aquele modelo, eles estavam inaugurando uma nova era na indústria automotiva brasileira.

+ 5 dicas para investir no tesouro direto

+ Gol e Voyage: linha 2019 ganha novo visual

+ Como economizar combustível e fazê-lo durar mais

O carro que o Brasil precisava

Como todo brasileiro sabe, é preciso muita garra e resistência para ter sucesso por aqui. O mesmo vale para os carros.

No final da década de 70, os modelos fabricados na matriz da Volkswagen, na Europa, não correspondiam às necessidades do consumidor e das estradas brasileiras. Era preciso um modelo mais resistente, mas que também fosse acessível em relação a preço.

Assim, o VW Gol surge como o carro certo no momento certo. Ele sempre foi marcado por unir beleza, robustez, tecnologia e uma ótima relação curto/benefício. Talvez por essas (e muitas outras qualidades) ele tenha se tornando um campeão absoluto de vendas.

O Gol “Bolinha” inaugurou a segunda geração desse campeão de vendas

Evolução contínua

Ao longo de sua história, o Gol nunca parou de evoluir. E isso tanto em design quanto em tecnologia. Em 1988, por exemplo, o Gol GTi se tornou o primeiro modelo em todo o país a contar com a tecnologia de injeção eletrônica.

Nesta evolução contínua, fez história, e deixou marcado na memória de muitas gerações alguns modelos que se tornaram clássicos.

Desde o primeiro modelo, que hoje é lembrado carinhosamente pelo apelido de “Batedeira”, passando por modelos como o LS, o GT 1.8, o GTS, o GTi, o GL, o Gol 1000, o Gol “Bolinha”, que inaugura a segunda geração e que trouxe os modelos GTi 8v, TSi 1.8 e todas as gerações seguintes até a atual.

Em todas essas evoluções, o Gol sempre manteve suas características de tecnologia e robustez, sem nunca fica para trás em outros quesitos como design e beleza.

Gol foi o pioneiro na tecnologia totalflex, em 2003

Um grande campeão, com torcida e tudo

O Gol é um campeão de vendas não apenas no Brasil, mas em toda a América Latina, tendo se tornado o maior sucesso de exportações da história da indústria automobilística nacional. Veja alguns números impressionantes:

  • Mais de 8 milhões de unidades produzidas;
  • Mais de 6,6 milhões de unidades vendidas no país;
  • Mais de 1,4 milhão de unidades exportadas;
  • O modelos é exportado para 66 países;
  • É responsável por 13% de toda produção automotiva nacional da história.
Em 2005, o Gol chegou a 4ª geração com linhas mais limpas

Uma grande torcida

Como todo campeão, o Gol também conta com uma das maiores torcidas do país. São oito fã-clubes exclusivos, que reúnem hoje mais de 40 mil integrantes espalhados por todo o Brasil. Esse número imenso de fãs é a prova final do sucesso e da importância que o Gol tem para o Brasil.

Assim, com a aproximação do maior evento de futebol do mundo, lembrar da história do maior sucesso automotivo nacional é reviver o orgulho de ser brasileiro e de ser campeão. O Gol é um exemplo de qualidade, técnica e beleza e por toda sua trajetória sempre jogou bonito, que é como gostamos de ver. Um golaço criado em 1980 e que sempre trouxe muitas alegrias a seus proprietários. Uma alegria quase tão grande quanto a de ver um gol do nosso time favorito ou da nossa seleção tão vitoriosa!

Texto: Rogério de Moraes/Colaborador