Tipos de rodas para carros de passeio
Tipos de rodas para carros de passeio

Quando se fala em personalizar ou incrementar a aparência de um carro, o primeiro item a ser pensado são as rodas. Segundo quem entende do assunto, depois do equipamento de som, este é o acessório mais procurado pelos proprietários de veículos. Existem muitos tipos de rodas, que variam de acordo com especificações recomendadas para cada modelo.

Entretanto, podemos dizer que, basicamente, a maior parte das dúvidas (e dos mitos) em relação às rodas de um carro de passeio giram em torno das diferenças entre as de ferro e as feitas de liga leve. E embora muita gente ache que todos sempre preferem o segundo tipo, vale ressaltar que há quem não abra mão das rodas de aço e de com uma boa calota.

Para saber melhor quais são as diferenças, vantagens e desvantagens entre os dois tipos, continue lendo este artigo.

Os tipos de rodas: aço x de liga leve

Normalmente, os carros saem de fábrica com rodas de aço. Para cada modelo, existem especificações de fábrica quanto ao tamanho do aro, largura e a furação, que é a quantidades de parafusos e a distância entre eles. Além disso, essas rodas costumam ser usadas com calotas, que apresentam desenhos variados. Embora na hora de personalizar esse item muitos prefiram rodas com aros maiores do que o original, esses detalhes devem ser observados com cuidado.

Em contraste com as rodas de aço, existem no mercado diversos modelos de rodas de liga leve. Elas têm um custo muito maior do que as de ferro, porém apresentam uma grande variedade de formas, tornando o veículo mais esportivo.

Tipos de rodas para carros de passeio - Rodas de aço Voyage
O Voyage é um dos veículos que apresentam rodas de aço, o tipo mais comum em carros de passeio.

Principais diferenças

Muitos acreditam que a principal diferença entre os dois tipos de rodas seja a resistência. Entretanto, esse fator não é o mais importante, já que ambas contam com resistência semelhante.

Isso quer dizer que tanto um tipo quanto o outro passam por testes pesados como choque térmico, agentes químicos, salinidade e impacto.

A questão do peso

Rodas de liga leve são, em média, 15% mais leves dos que as de aço. Essa diferença, porém, não chega a representar uma variação relevante em questões como velocidade de aceleração ou capacidade de frenagem. Na maioria dos casos, rodas de liga leve não vão trazer diferença significativa no desempenho.

Por outro lado, o aspecto do peso pode trazer um outro tipo de vantagem para as rodas leves: elas provocam um esforço (e, portanto, um desgaste) menor na suspensão. Isso pode representar uma maior durabilidade no longo prazo.

O fator estética

Não há como negar que rodas de liga leve apresentam padrões, formas e desenhos que realmente mudam a estética do carro. Isso se deve ao fato de serem fabricadas por meio de um processo de fundição, quando o metal aquecido líquido é colocado em um molde. É o que permite que a criatividade não tenha limites.

Esse é um ponto onde as rodas de aço perdem, pois seu processo de fabricação, por meio de uma chapa prensada, não permite formas tão variadas.

Tipos de rodas para carros de passeio - Rodas de liga leve aro 19" Tiguan Allspace R-Line
O novo Tiguan Allspace R-Line vem de série com rodas de liga leve aro 19″, conferindo mais esportividade ao SUV.

O preço

Indiscutivelmente, na questão do preço, as rodas de aço levam larga vantagem. Seja qual for a roda de liga leve escolhida, ela certamente será mais cara. O quanto será mais cara, porém, depende de vários fatores, como o aro, o desenho e outros detalhes.

Assim, essa variação pode ser bastante grande, chegando a valores extremamente altos. Mas se o desejo é por um carro mais esportivo, o resultado costuma compensar o valor elevado.

Garantia e reparos

Um ponto a se ficar atento é nas situações em que, ao adquirir um carro zero, o proprietário resolva trocar as rodas fora da concessionária. Nesses casos, há sempre o risco de perda da garantia. Isso porque a colocação de modelos inadequados podem interferir na dinâmica do carro, provocando uma série de problemas.

Na questão de reparos das rodas, as de liga leve têm muito mais flexibilidade quanto a isso, sendo perfeitamente possível repará-las. Mas é preciso se certificar de que a empresa é realmente especializada.

Já reparos nas rodas de aço não costuma compensar. É que elas têm um custo tão baixo que acaba sendo mais vantajoso adquirir uma nova.

Entre os dois tipos de rodas, o que realmente é importante é escolher o que melhor atende às necessidades e aspirações do proprietário. Seja um perfil mais esportivo, com rodas incríveis, seja um mais conservador, com originais de fábrica, o que vale é a satisfação e, claro, a segurança de contar com um equipamento que satisfaça o prazer de dirigir.

Texto: Rogério de Moraes/Colaborador