Arraial do Cabo - Viagem de carro
Que tal uma viagem de carro para Arraial do Cabo e região?

Arraial do Cabo é um dos locais mais paradisíacos do país. Considerado o Caribe brasileiro, chamam atenção as condições de transparência da água e a areia clara de suas praias. Mais do que um destino perfeito para o verão, toda a região litorânea faz com que uma viagem de carro para Arraial do Cabo e redondezas seja uma excelente pedida, seja com amigos, família ou a dois.

Localizada no litoral norte do Rio de Janeiro, a região é muito indicada tanto para quem vai explorá-la a partir da capital do Rio de Janeiro como de São Paulo. Confira no post de hoje nossas dicas para um roteiro de viagem de carro para Arraial do Cabo e região.

Imagem relacionada

Saindo de São Paulo

Desde o centro de São Paulo, são 586 km de viagem de carro para Arraial do Cabo. O trajeto utiliza as principais vias de acesso: Rodovia Presidente Dutra – BR 116 até o Rio de Janeiro, onde vai se dirigir à Linha Vermelha, Ponte Rio/Niterói, Via Lagos – RJ 124 e Rodovia Mário Correa – RJ 140, num total de aproximadamente 8 horas de viagem. Esse trajeto apresenta pedágios em toda a extensão.

Há um caminho alternativo, com um acréscimo de 40 minutos, utilizando a saída da ponte Rio/Niterói em direção à Alameda São Boaventura e Rodovia Amaral Peixoto – RJ 106. Esse trecho do percurso não apresenta pedágios e vai acompanhando o litoral da região dos Lagos, porém possui muitos radares e trânsito intenso nas diversas cidades.

+ Conheça os itens de segurança ativa presentes nos carros mais seguros do Brasil

+ Aquaplanagem: saiba como evitar (e como agir caso ela aconteça)

Ao utilizar este trajeto diferente há a possibilidade de conhecer de forma mais rápida a região oceânica de Niterói com praias maravilhosas, como Itaipuaçú, Iatacoatiara, Camboinhas e Saquarema, entre outras.

Imagem relacionada

(Praia Grande)

Paradas Obrigatórias

Pela BR 116, são várias as opções de paradas para descanso e refeições. Uma parada obrigatória é ao término da subida da Serra das Araras para contemplar a paisagem ou aproveitar as diversas barracas de vendas de frutas ao longo da serra.

Na Via Lagos, existem diversos restaurantes de boa qualidade e opções de vendas de artesanatos e produtos de decoração em barro. Se utilizar a via alternativa pelo litoral, poderá desfrutar de uma bela paisagem e a infraestrutura das cidades.

Saindo do Rio de Janeiro

Utilizando a Avenida Brasil e a Via Lagos são 164 km até Arraial do Cabo feitos em aproximadamente 2h30. Pode-se realizar um caminho alternativo com acesso às cidades e praias da região dos Lagos.

O que fazer em Arraial do Cabo e região

Com um litoral exuberante, toda a região possui praias de águas transparentes, com opções de fácil acesso a outros locais deslumbrantes como Búzios e Cabo Frio. A área possui boa infraestrutura de hospedagem e restaurantes, sendo uma excelente opção de lazer e encantamento para quem conhece o local.

Imagem relacionada

(Praia do Farol)

Arraial do Cabo é um dos melhores locais no litoral brasileiro para a prática de mergulho e fotos submersas ou submarinas. Passeios de barcos são comuns e com várias ofertas de roteiros. Vale destacar que algumas praias e atrações somente são possíveis de acessar de barco.

Um passeio bastante indicado é o Pontal do Atalaia. Lá o turista encontra uma vista espetacular e acompanha um pôr do sol inesquecível. Algumas praias são bastante procuradas, como a do Farol, Forno e Grande. Porém, aproveite a sua mobilidade: existem muitas outras belezas indescritíveis a serem descobertas.

+ Vem aí a Amarok v6, a picape mais potente do Brasil. Clique para saber mais sobre a bruta!

Imagem relacionada

(Praia do Forno)

Quando viajar de carro para Arraial do Cabo, não deixe de separar um tempo maior para conhecer outros locais na região. As estradas são bem cuidadas e com boa sinalização. Portanto tenha certeza que, saindo de São Paulo ou Rio de Janeiro, sua viagem será muito confortável.

Você poderá desfrutar de um inesquecível destino e um trajeto maravilhoso de carro. Boa viagem!

Texto: Martim Silva/Colaborador